Sábado, 24 de Outubro de 2020
Twitter Notícias na Web
Blog Notícias na Web

Retomada do comércio mundial é mais rápida que na crise de 2008

24/09/2020 - Economia
Maior disponibilidade de crédito, injeções trilionárias nas economias e rápida recuperação da China estão entre os principais motivos

 Sem precedentes na história, a crise econômica causada pela Covid-19 tem uma característica interessante que a difere positivamente da desaceleração mundial que ocorreu em 2008 devido à crise do subprime: o comércio internacional se recupera a todo vapor. Dados do Kiel Institute for the World Economy, enviados a VEJA, mostram que em junho o comércio global de bens estava apenas aproximadamente 9% abaixo ao nível de fevereiro de 2020. Entre fevereiro e abril desse ano, a queda havia sido de 15%. A curva de recuperação é muito mais breve que a que ocorreu durante a crise da quebra do Lehman Brothers, quando o comércio global se recuperou apenas após oito meses do início da queda. “O comércio global parece estar reagindo muito mais fortemente hoje”, disse Gabriel Felbermayr, presidente do Instituto. “Em vez de um percurso da crise em formato de ‘U’, uma recuperação mais rápida indica um percurso em forma de ‘V’: queda acentuada e recuperação rápida”, diz ele.

Outro fator que mostra esse fenômeno é a atividade de navegação medida a partir da capacidade dos navios observados nas regiões de maior circulação de mercadoria do mundo. Na Ásia, na América e na Europa, o trânsito de navios já voltou ao normal e está na faixa esperada para o final do mês de agosto, em um cenário sem crise. Na Ásia, ele não apenas se recuperou, como também superou as expectativas para o mês de julho em volume de comércio. De acordo com a autoridade aduaneira chinesa, em julho de 2020 as exportações em dólar cresceram mais de 7% em relação ao mesmo mês do ano anterior. “A recuperação do comércio mundial está avançando. A situação atual é bem melhor do que a crise de 2009/09”, diz Felbermayr.

Fonte: Veja
Notícias na web © 2020
Melhor visualizado na resolução 1024 X 768
Desenvolvido por:
Doway - Soluções Dinâmicas Web