Sábado, 24 de Outubro de 2020
Twitter Notícias na Web
Blog Notícias na Web

Tomate, arroz e leite puxam alta na prévia da inflação de setembro

24/09/2020 - Economia
IPCA-15 acelerou 0,45% em relação ao mês anterior influenciado pelo preço dos alimentos; combustíveis também subiram

 O preço dos alimentos continua a pesar e pressionar o orçamento do consumidor. Segundo dados divulgados nesta quarta-feira, 23, a prévia da inflação medida pelo IPCA-15 ficou em 0,45% em setembro, maior para o mês desde 2012. O resultado veio ligeiramente acima da mediana dos economistas, de 0,39%, e acima da prévia da inflação de agosto, de 0,23%.  O preço do arroz, que foi alvo da reclamação do presidente Jair Bolsonaro no início do mês, subiu 9,96% no período, bem como de outros alimentos, pressionando o valor da cesta básica.

Segundo o IBGE, entre os alimentos que mais subiram no mês estão o tomate (22,53%), óleo de soja (20,33%), arroz (9,96%) e leite longa vida (5,59%). Os três últimos itens acumularam altas de 34,94%, 28,05% e 27,33% no ano, respectivamente. As carnes também pressionam, com alta de 3,42% no período. O IPCA 15 mede os preços de produtos e serviços ao consumidor entre a última quinzena do mês anterior e a primeira quinzena do mês de referência.

Os alimentos, em alta devido a sazonalidade e aumento da demanda causada por mudanças de comportamento de consumo, são os itens que mais contribuem para a inflação em curto prazo prevista pelo Banco Central. Segundo a autoridade monetária, em ata da decisão da política de juros divulgada nesta semana, apesar da alta sentida, há possibilidade de desaceleração na inflação devido a ociosidade de parte da economia.

Fonte: Veja
Notícias na web © 2020
Melhor visualizado na resolução 1024 X 768
Desenvolvido por:
Doway - Soluções Dinâmicas Web