Sábado, 24 de Outubro de 2020
Twitter Notícias na Web
Blog Notícias na Web

Bento XVI está em situação ‘extremamente frágil’, afirma imprensa alemã

03/08/2020 - Artigos
Papa emérito sofre de erisipela no rosto, doença infecciosa que se caracteriza por erupções e episódios de dor intensa, segundo jornal Passauer Neue Presse

 O papa emérito Bento XVI, de 93 anos, sofre uma doença infecciosa no rosto e está em situação “extremamente frágil”, afirma o jornal regional alemão Passauer Neue Presse, que cita o biógrafo do religioso, Peter Seewald, como fonte.

Bento XVI sofre de erisipela no rosto, uma doença infecciosa que se caracteriza por erupções faciais e episódios de dor intensa, informa o jornal. De acordo com Seewald, o papa emérito está em condição extremamente frágil. “Sua capacidade intelectual e a memória não foram afetadas, mas sua voz é quase inaudível”, afirma o Passauer Neue Presse.

Peter Seewald se encontrou no sábado em Roma com Bento XVI para apresentar sua biografia. “Durante o encontro, o papa emérito, apesar da doença, se mostrou otimista e afirmou que, se a força retornar, ele poderia pegar sua caneta novamente”, completou.

Em junho, Bento XVI visitou o irmão mais velho Georg, que estava doente, na Alemanha, em sua primeira viagem para fora da Itália desde sua inesperada renúncia em 2013. Georg Ratzinger faleceu duas semanas depois. Os dois irmãos, ordenados padres no mesmo dia, em junho de 1951, eram muito unidos.

 

Bento XVI foi o primeiro papa a renunciar ao cargo em quase 600 anos. Alegou motivos de saúde e desde então tem uma vida monástica em um pequeno mosteiro do Vaticano.

Reportagem de VEJA de junho de 2018 revelou que Bento sofre de Parkinson e já sentia os sinais da doença quando renunciou. Segundo o arcebispo George Gänswein, um dos assistentes mais próximos do papa emérito, a rotina de Bento nos últimos anos consiste principalmente em ler e responder as centenas de cartas que recebe de fiéis. Além disso, também passa boa parte de seu tempo orando.

Em uma entrevista de abril de 2017 ao jornal italiano Il Messaggero, Gänswein disse que Bento XVI fala ocasionalmente sobre a morte, mas que isso não era uma “obsessão” para ele. “Posso dizer que ele é uma pessoa serena”, afirmou. “Ele tem uma alma em paz e um coração feliz”.

(Com AFP)

Fonte: Veja
Notícias na web © 2020
Melhor visualizado na resolução 1024 X 768
Desenvolvido por:
Doway - Soluções Dinâmicas Web