Sábado, 20 de Outubro de 2018
Twitter Notícias na Web
Blog Notícias na Web

Filipe Luís relembra derrota na Copa: ‘Tive vários pesadelos nas férias’

05/09/2018 - Esportes
Lateral da seleção também revelou proposta do PSG, negada pelo Atlético de Madri, e disse que Messi deveria estar entre os indicados a melhor do mundo

 De volta à seleção brasileira dois meses depois da Copa do Mundo, o lateral Filipe Luís contou ter vivido emoções intensas no torneio na Rússia. Ainda surpreso com a qualidade do torneio, o jogador do Atlético de Madri contou que sofreu pesadelos por causa da derrota para a Bélgica nas quartas de final.

“A Copa do Mundo é algo muito especial. É uma pena que tenha disputado só uma. Tudo que vivi na Rússia foi, sem dúvida, o melhor e o pior momento da minha carreira. Nunca imaginei que fosse desse nível. Cada jogo era uma final de Champions”, afirmou o lateral de 33 anos nesta terça-feira (4), na concentração da seleção em Nova Jersey, nos Estados Unidos, onde o Brasil enfrenta a seleção da casa na próxima sexta.

“Nas férias, não parei de ter pesadelos e sonhar com a derrota. Ao mesmo tempo, criamos um vínculo especial e sempre nos falamos, mas é algo amargo. Pensamos no que fizemos de errado. Mas é do jogo e nem sempre o melhor vai ganhar. O importante é que o trabalho foi bem feito”, completou o experiente jogador catarinense.

Filipe Luís deu diversas declarações fortes em sua entrevista coletiva, como ao admitir que pediu ao Atlético de Madri para se transferir ao Paris Saint-Gremain, negociação que não se concretizou.  “Surgiu essa chance de ir para o PSG, comentei com o Atlético e pedi para me liberar, da mesma forma que liberaram o Gabi recentemente. O clube entendeu que não era a mesma situação, apesar das semelhanças do tempo restante de contrato”, afirmou.

”Na minha situação faltava pouco tempo para fechar a janela e a reposição seria difícil. Quando falaram que não queriam que eu saísse e estipularam um preço que não ia ser pago, eu aceitei. Disseram que eu insisti, mas é mentira. Tenho história no Atlético e isso me deixou triste. Tentaram fazer minha imagem ficar pior no clube. Estou no meu oitavo ano de Atlético, mais de 300 de jogos e não vou manchar minha história”, completou.

Com rara sinceridade, Filipe Luís ainda considerou uma injustiça a ausência de seu rival no futebol espanhol, Lionel Messi, do Barcelona, no prêmio The Best, da Fifa, concedido ao melhor jogador da temporada. “O melhor do mundo, na minha opinião, é o Messi, hoje, ano passado, dois anos atrás… a partir do momento em que ele não ganha fazendo o que faz, o prêmio perde um pouco a credibilidade.” Os indicados foram Cristiano Ronaldo, Mohamed Salah e Luka Modric.

Os dois primeiros amistosos da seleção após a Copa do Mundos serão disputados nos Estados Unidos. Às 21h05 (de Brasília) desta sexta-feira, em Nova Jersey, o time dirigido por Tite enfrentará a seleção anfitriã. Às 21h30 de terça-feira, em Washington, o adversário será El Salvador.

(com Gazeta Press)

Fonte: Veja
Notícias na web © 2018
Melhor visualizado na resolução 1024 X 768
Desenvolvido por:
Doway - Soluções Dinâmicas Web